Horário de Atendimento : Seg. a Sex.: 7h - 12h e 13 - 18h. Sáb.: 8h - 12h
  Contato : (54) 3011-0092

imagem-viewer-1

Exames de imagem para diagnóstico de doenças pulmonares

As doenças pulmonares representam uma das maiores preocupações em saúde ao nível mundial. Além de responderem por um sexto das mortes em todo o mundo, elas implicam em um potencial incapacitante, visto que em muitas há um aspecto crônico que se estende por longos anos.

As doenças pulmonares também implicam em alto custo relacionado aos cuidados primários, bem como relacionado aos tratamentos hospitalares.

No Brasil, as principais doenças pulmonares incluem a apnéia obstrutiva do sono, asma, DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica), pneumonia, embolia pulmonar, tuberculose, câncer de pulmão e doenças intersticiais.

Os exames de imagem do tórax, juntamente com a história clínica, são imprescindíveis na detecção destas patologias, uma vez que fornecem visualização e possibilidade de análise de estruturas anatômicas.

Entre os exames de imagem, estão inclusos as radiografias torácicas, tomografia computadorizada (TC), angiografia por TC, ressonância magnética (RM), ultrassonografia, cintilografia nuclear do pulmão, angiografia arterial pulmonar e tomografia por emissão de pósitrons (TEP).

Os exames de Raio-X, tomografia computadorizada e ultrassonografia são serviços oferecidos pela Verità Diagnóstico.

Para entender um pouco mais sobre cada método de diagnóstico frequentemente solicitado pelos médicos para casos de doença pulmonar, bem como sobre as principais patologias do sistema respiratório, continue conosco.

Boa leitura.

Patologias pulmonares mais comuns no Brasil

A apnéia obstrutiva do sono é a doença pulmonar mais prevalente. Estudos epidemiológicos regionais realizados no estado de São Paulo revelaram que 32,8% das pessoas com mais de 20 anos manifestam a partir de 5 episódios de apnéia do sono por hora.

A asma é uma das grandes preocupações do Ministério da Saúde, o qual disponibiliza medicamentos gratuitos para o tratamento da doença. Este quadro é mais comum na infância, através da manifestação de sintomas como sibilos e chiado no peito, dificuldade para respirar e respiração encurtada.

A DOPC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica) está intimamente ligada ao tabagismo, e resulta na combinação entre enfisema e inflamação das vias aéreas. É uma doença diagnosticada através de testes de função pulmonar. Pessoas enquadradas no grupo de risco são os indivíduos com mais de 40 anos que teriam fumado um maço de cigarro (ou mais) diariamente, por um período de, no mínimo, 10 anos. Em alguns poucos casos (de 10 a 20%), a doença também ocorre em indivíduos não-fumantes.

As pneumonias são infecções que se instalam nos pulmões em decorrência da penetração de algum microorganismo (vírus, bactérias e fungos) ou partícula, assim como em decorrência de reações alérgicas. Essas infecções afetam os alvéolos pulmonares (regiões nas quais ocorrem as trocas gasosas).

A embolia pulmonar ocorre quando há bloqueio de uma ou mais artérias pulmonares. Na maioria dos casos, este bloqueio é causado por coágulos. Gestantes e pessoas idosas possuem um risco aumentado em desenvolver a doença.

Em relação à tuberculose, a Organização Mundial de Saúde estima que cerca de um terço da população mundial esteja infectada pelo agente causador, o Mycobacterium tuberculosis, apresentando um grande risco em desenvolver a enfermidade. A presença da doença também aumenta o risco de desenvolvimento do HIV.

O câncer de pulmão detém forte correlação com o tabagismo, fumo passivo, exposição às toxinas presentes no ambiente (risco ocupacional), assim como ao histórico familiar. Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), dentre os tipo de câncer, este é o segundo mais prevalente entre homens e o terceiro mais prevalente entre as mulheres.

As doenças pulmonares intersticiais são resultantes de danos nas células que rodeiam os alvéolos, contribuindo para um quadro de grande inflamação e fibrose em torno dos pulmões. Esses quadros são raros em pessoas com menos de 50 anos. Estimativas apontam que no Brasil, no ano de 2015, a média foi de 12 mil casos.

Conhecendo os exames de imagem para doenças pulmonares, um a um

O Raio-X de tórax é uma técnica que proporciona visão geral do coração e dos vasos sanguíneos de grande calibre. Em relação aos pulmões, permite identificar tamanho e contorno, podendo revelar inclusive quando há alguma doença grave nos mesmos, na parede torácica, nas costelas ou espaços adjacentes. As radiografias podem indicar a maioria dos casos de pneumonia, tumor de pulmão, colapso pulmonar, derrame pleural e etc.

A tomografia computadorizada é uma técnica mais detalhada do que a radiografia comum. As imagens são analisadas em computador, e os cortes fornecidos a partir de diversos planos. O contraste pode ser injetado na corrente sanguínea ou administrado via oral, de modo a fornecer maior clareza na identificação das imagens.

O exame de imagem chamado angiografia por TC utiliza contraste, injetado especificamente na veia do braço, de modo a produzir imagens de vasos sanguíneos, abrangendo neste quesito a artéria pulmonar (responsável por transportar sangue do coração para os pulmões).

A ressonância magnética (RM) é um exame mais demorado do que a tomografia computadorizada, não utiliza radiação e permite visualizar anormalidades nos vasos sanguíneos torácicos.

No exame de ultrassonografia, a imagem é formada a partir do reflexo de ondas de som, presentes no corpo. É um método frequentemente utilizado para detecção de líquido presente no espaço pleural (área delimitada entre as camadas que revestem o pulmão).

O exame de cintilografia nuclear do pulmão é uma indicação bastante frequente para os casos de embolia pulmonar, assim como pode ser utilizado para avaliação pré-operatória em indivíduos com câncer de pulmão.

Na angiografia arterial pulmonar, o contraste é injetado diretamente na artéria pulmonar. Este exame pode clarificar resultados de cintilografia pulmonar (de acordo com as recomendações do médico).

A tomografia por emissão de pósitrons (TEP) possui aplicabilidade para os casos nos quais há suspeita de câncer, e se utiliza das diferenças de taxa metabólica entre os tecidos cancerosos (considerados malignos), e os tecidos não cancerosos (considerados benignos). À critério do médico, este exame poderá ser combinado aos exames de tomografia computadorizada.

*

A partir do conhecimento sobre as principais doenças pulmonares e os principais exames de imagem para estabelecer/complementar o diagnóstico destas patologias, a Verità Diagnósticos cumpre o seu papel de não apenas ofertar serviços de qualidade, como também realizar educação em saúde.

Nosso blog está à sua disposição, com muito conteúdo informativo.

Aqui no site, também é possível conhecer os exames oferecidos pela Verità, assim como agenda-los para uma data adequada à sua rotina. Caso prefira ligar, nosso telefone é (54) 3011-0092.

Conte conosco.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *