Horário de Atendimento : Seg. a Sex.: 7h - 12h e 13 - 18h. Sáb.: 8h - 12h
  Contato : (54) 3011-0092

novembro-azul-cancer-de-prostata

Novembro Azul: saiba mais sobre o câncer de próstata

Novembro é considerado o mês de conscientização da saúde do homem. Conhecido por profissionais de todo o Brasil como Novembro Azul, o período chama a atenção para uma doença preocupante para a população masculina: o câncer de próstata.

Esse é um dos tumores mais incidentes entre os brasileiros depois da meia idade. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), são mais de 60 mil novos casos todos os anos. Para não entrar na lista, é importante tomar alguns cuidados especiais. Saiba tudo sobre o câncer de próstata e mantenha a sua saúde em dia:

O que é câncer de próstata

A próstata é uma glândula que fica em volta do canal da urina e participa da produção do sêmen. É um órgão pequeno, do tamanho de uma noz, mas pode causar uma série de problemas – entre eles o câncer, que atinge principalmente homens a partir dos 60 anos. Mesmo assim, existe grande risco entre os pacientes jovens com histórico familiar da doença.

Esse tipo de câncer cresce lentamente dentro da próstata. Se não for diagnosticado precocemente, pode invadir as estruturas ao redor do órgão e atingir até mesmo a circulação, ossos e pulmão.

Sintomas

Normalmente os sintomas não aparecem na fase inicial e é comum confundir o câncer de próstata com outras doenças. Graças aos exames preventivos, boa parte dos diagnósticos é feita antes que o tumor esteja em estágio avançado e provoque alterações. Mas é importante procurar um médico se sentir obstrução da passagem de urina, sangramento, irritação na bexiga ou dores intensas nos ossos.

Fatores de risco

Além da idade, um dos fatores de risco para a doença é a genética. Pacientes cujo pai ou tio tiveram câncer de próstata têm o dobro das chances de desenvolvê-lo.

Porém, uma alimentação pobre em frutas, vegetais e legumes aumenta os riscos. Em pacientes sedentários e obesos, o tumor se torna ainda mais agressivo. O nível de poluição ambiental e o contato com substâncias como chumbo e borracha também influenciam na incidência do câncer.

Prevenção

Os hábitos de vida têm um papel importante para dificultar o aparecimento do câncer. Nutrientes específicos presentes em alguns alimentos como o brócolis e os derivados da soja podem ser úteis, assim como evitar o excesso de gordura e praticar exercícios.

Mesmo assim, esses cuidados não substituem os exames preventivos. Só eles podem detectar um tumor no estágio inicial e avaliar alterações benignas ou malignas na próstata. Normalmente, as suspeitas surgem a partir do exame de sangue e do toque retal.

Esses exames são recomendados anualmente a partir dos 50 anos de idade, mas quando já existe histórico familiar, a prevenção deve ser feita a partir dos 45 anos.

Se houver alguma alteração na próstata, o médico deverá indicar uma ultrassonografia para avaliar mais profundamente o tamanho da glândula e sua estrutura. O diagnóstico por ultrassom pode mostrar a necessidade de uma biópsia, em que o especialista irá confirmar as alterações e determinar o grau de agressividade do tumor.

Tratamento

O tratamento do câncer de próstata pode ser através de cirurgia, radioterapia ou controle hormonal, feito para diminuir o tumor e reduzir as chances de reincidência. Os procedimentos são realizados de acordo com o estágio da doença e o estado de saúde do paciente.

Previna-se: faça exames regulares para o diagnóstico precoce e tenha sempre um acompanhamento médico!

Já marcou o seu exame periódico? Você pode fazer isso online. Clique aqui e veja como agendar um horário com a nossa equipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *