Horário de Atendimento : Seg. a Sex.: 7h - 12h e 13 - 18h. Sáb.: 8h - 12h
  Contato : (54) 3011-0092 e WhatsApp (54) 99194-0757

Todos os Posts da Categoria: Prevenção

Câncer de Mama: Saiba por que a detecção precoce é importante

Se o Câncer de Mama for descoberto no início, implica em mais de 90% de possibilidade de cura.

Câncer de mama

 

Um dos métodos mais eficientes para a cura do Câncer de Mama é a detecção precoce. E o mês de outubro traz o alerta para todas as mulheres: o cuidado com a saúde física e mental é de extrema importância. E isso vale para qualquer idade, de jovens a idosas.

Conhecer o próprio corpo e saber o que se passa consigo mesma é fundamental para garantir uma vida sem problemas de saúde. É dever de cada mulher buscar informações no dia a dia. Dessa forma, saberão o que é normal e o que precisa de atenção, principalmente com suas mamas.

Seja durante o banho ou ao trocar de roupa, é essencial observar e valorizar as descobertas diárias sobre si mesma. Isso garantirá o reconhecimento de alguma alteração no futuro. Falaremos hoje, sobre a importância da detecção precoce do Câncer de Mama que farão você estar atenta diariamente. Confira:

BENEFÍCIOS DA DETECÇÃO PRECOCE

Veja algumas das vantagens do diagnóstico precoce de Câncer de Mama:

– Se estiver em estágios iniciais, pode haver chance de 95% de cura;

– Há a possibilidade de um tratamento menos agressivo;

– Menos chance de morrer pelo câncer de mama, afinal o tratamento é mais eficiente se realizado precocemente.

COMO É FEITA A DETECÇÃO PRECOCE?

Autoexame

Como já falamos, uma das maneiras é a detecção através do autoexame. Veja o passo a passo abaixo para aprender a forma correta de conhecer melhor o seu corpo:

1 – Posicione-se em frente a um espelho:

  • Observe as duas mamas com os braços relaxados ao longo do corpo;
  • Coloque as mãos na cintura fazendo força e observe;
  • Coloque-as atrás da cabeça e observe se há alguma alteração.

2 – Em pé (pode ser durante o banho ou ao trocar de roupa):

  • Apoie seu braço direito sobre a cabeça;
  • Com a mão esquerda examine a mama direita com as pontas dos dedos e em diferente sentidos (principalmente circulares);
  • Repita na outra mama.

3 – Deite de barriga para cima:

  • Eleve o braço esquerdo paralelamente à cabeça;
  • Com a mão direita apalpe o seio esquerdo (até as axilas) fazendo movimentos circulares e suaves com a ponta dos dedos;
  • Repita os movimentos no seio direito.

É importante verificar rotineiramente, pois se sentir algum caroço ou alteração saberá identificar no momento. No entanto, o autoexame NÃO elimina a necessidade de realizar a mamografia diagnóstica (em mulheres acima de 40 anos).

Mamografia

A Mamografia é o exame mais eficiente a ser realizado para detectar o Câncer de Mama em mulheres acima de 40 anos. Deve ser realizada anualmente, mesmo nas mulheres que possuem próteses de silicone.

E é importante ressaltar que, mesmo que não haja nenhum sintoma, você precisa realizá-la. Afinal, existem tumores com menos de um centímetro. Esses, muitas vezes só são identificados em exames de alta precisão.

Faça um acompanhamento anual com um ginecologista ou mastologista. Eles encaminharão você para os exames corretos.

A Veritá Diagnósticos possui equipamentos modernos para realizar seu exame de Mamografia Diagnóstica. Clique aqui e agende seu exame!

VOCÊ POSSUI ALGUM FATOR DE RISCO? ATENTE-SE O QUANTO ANTES!

Algumas mulheres necessitam realizar os cuidados com as mamas de acordo com seu histórico de vida. Sendo assim, se você possui:

  • Obesidade
  • Sedentarismo
  • Casos de câncer na família
  • Exposição excessiva à radiação ionizante
  • Mais de 40 anos
  • Menopausa tardia
  • Câncer de ovário ou mama no passado

Deve se cuidar ainda mais! Não deixe a sua saúde para depois!

 

O Outubro Rosa lembra a todas as mulheres que precisam cuidar da sua saúde antes de qualquer coisa. Estará tudo bem se você estiver bem!

A Verità Diagnósticos apoia a luta contra o Câncer de Mama. Você tem dúvidas sobre exames para o diagnóstico? Entre em contato conosco.

Mais Informações
cancer-de-mama

Outubro Rosa e o alerta para o Câncer de Mama

Conheça a doença que atinge mulheres cada vez mais jovens.

cancer-de-mama

Estar em dia com a saúde é o principal alerta da medicina diagnóstica à todas as pessoas. E o Outubro Rosa é a principal campanha para a prevenção de uma das doenças femininas mais graves. Ela traz o aviso sobre o Câncer de Mama e a necessidade do diagnóstico precoce.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), são 60 mil casos novos estimados por ano. E esse número atinge mulheres cada vez mais jovens. Diante disso, trouxemos uma breve explicação sobre a doença, prevenção, diagnósticos e tratamentos.

 

CONHEÇA O CÂNCER DE MAMA

Esse tipo de câncer, que é o mais comum entre as mulheres no mundo, trata-se de uma consequência da multiplicação de células anormais. E assim, se forma um tumor na mama, que pode se desenvolver rapidamente ou não.

O Câncer de Mama, se diagnosticado precocemente, possui maior chance de sucesso no tratamento. E, como ainda não há uma causa única para a doença, é importante se alertar e realizar exames com frequência.

 

FATORES DE RISCO

Um dos principais fatores de risco é a idade. Dentre cinco pelo menos quatro ocorrem após os 50 anos. No entanto, a doença está atingindo mulheres cada vez mais jovens. Por isso, é necessário realizar autoexames na mama, além da mamografia a partir dos 40 anos de idade.

Outros fatores de risco importantes são a obesidade, principalmente após a menopausa, e o sedentarismo. E também podem ser encontrados casos de câncer de histórico familiar. Ou seja, se for o seu caso, o cuidado deve ser ainda maior.

 

COMO PREVENIR

Uma das maneiras de se prevenir do Câncer de Mama é controlando o peso corporal. E esse cuidado com o peso deve ser ainda maior em mulheres com mais de 40 anos e em fase pré-menopausa. Assim como é fundamental evitar o sedentarismo realizando atividades físicas diariamente.

 

TRATAMENTO

O tratamento é feito principalmente com cirurgias, dependendo do grau e do tamanho do tumor. Outras opções de tratamento são a radioterapia, quimioterapia e medicamentos.

É fundamental dizer que, quanto antes o câncer de mama for descoberto, maiores chances de tratamento estarão disponíveis para a paciente. E a taxa de curabilidade é de 95% se o diagnóstico for precoce.

 

O DIAGNÓSTICO

Segundo pesquisas do Inca, cerca de 66,2% das pacientes descobrem nódulos ou alterações nos seios por meio do autoexame. Para isso, é preciso tornar o toque nas mamas como parte da rotina. Assim, se houver alguma diferença, a paciente conseguirá identificar.

Além disso, a ida ao ginecologista é fundamental para as mulheres. Além de examinar a mama da paciente na própria consulta, ele solicitará exames para a verificação. A Mamografia deve ser realizada anualmente como a principal maneira de diagnosticar a doença.

 

CAMPANHA OUTUBRO ROSA

A campanha foi trazida para o Brasil em 2008 para alertar às mulheres sobre a importância de se realizar exames preventivos nas mamas. É um incentivo para que a doença deixe de ser vista como uma “sentença de morte” ou incurável.

Com o conhecimento ampliado à população pela rede pública, a doença deixou de ser um tabu. E, dessa forma, os diagnósticos são feitos mais cedo e com muito mais chances de cura.

Dia 19 de outubro é o dia Internacional contra o Câncer de Mama. A Verità Diagnósticos apoia a campanha disponibilizando informações e incentivando o cuidado com a saúde da mulher.

Nós realizamos o exame de Mamografia para a prevenção do Câncer de Mama. Você tem dúvidas sobre exames para o diagnóstico? Entre em contato conosco.

Se desejar agendar a sua Mamografia, clique aqui.

Mais Informações
tomografia computadorizada

Conheça a segurança envolvida em exames de imagem e recomendações que diminuem os riscos

O uso de exames de imagem na prática da medicina se tornou ainda maior nos últimos anos. Isso porque existem diversos benefícios envolvidos como, por exemplo, o diagnóstico de câncer através da tomografia computadorizada. Porém, muitas pessoas ainda possuem dúvidas a respeito da segurança envolvida.

exame de imagem

SERÁ QUE É REALMENTE SEGURO?

Ainda existem alguns mitos a respeito dos riscos dos exames imagiológicos. E a tomografia computadorizada é um dos quais os pacientes mais se preocupam. Esse exame, que é realizado por meio de raios-x, registra imagens em alta resolução. É um dos métodos mais confiáveis para o diagnóstico de doenças.

Ela possui as mais diversas indicações, pois é um exame completo e que exibe resultados detalhados do corpo. Além disso, é rápido e 100% seguro quando feito dentro das normas, como nós fazemos aqui na Verità Diagnósticos.

HÁ ALGUM RISCO?

É importante ressaltar que, em locais que atuam dentro das normas, não há com o que se preocupar. No entanto, existem dois fatores que não podemos deixar de lado:

Radiação

Quando esse tipo de exame foi criado em 1970, sem dúvidas, eram emitidos muitos raios-x. Mas atualmente já é feito um controle muito maior e muito mais rígido da dosagem. E, se a radiação estiver mantida dentro dos limites estipulados, não há absolutamente qualquer risco.

Se comparada ao exame de Raio-X, a tomografia utiliza mais radiação. Porém, os controles de qualidade executados periodicamente pela Vigilância Sanitária garantem a segurança do paciente. Afinal, caso a clínica não esteja dentro dos limites permitidos, é multada.

Ou seja, procure saber se o local em que realiza seus exames, possui alguma penalidade. Buscar se a clínica está dentro das normas é essencial para reduzir os riscos dos exames de diagnósticos por imagem.

Meio de Contraste

Esse é outro fator de grande importância. A substância chamada Contraste Iodado, geralmente é administrada para aumentar a visualização dos órgãos do paciente. Assim, facilita o diagnóstico de alguma possível doença.

Essa substância é aplicada de acordo com estruturas e patologias que são necessárias. Ou seja, existe um protocolo especificando sobre o uso do meio de contraste.

Há alguns pacientes alérgicos à substância. Por isso, se você já teve alguma complicação nesse tipo de exame é importante informar anteriormente. Caso não possua alergias e o local estiver dentro das normas permitidas, não há riscos e é bastante seguro.

COMO SABER SE UM LOCAL É SEGURO?

É essencial procurar uma clínica ou hospital seguro para realizar qualquer tipo de exame. Tratando-se de exames de imagem, essa procura deve ser mais necessária ainda. Então, escolha lugares que visem a segurança do paciente, além de se preocupar com a manutenção e utilização de equipamentos modernos.

Além disso, atente-se para as normas de segurança do local. Aqui na Verità Diagnósticos consideramos a segurança do paciente como fator primordial para o nosso trabalho. Por isso, possuímos equipamentos modernos e trabalhamos sempre dentro das normas.

RECOMENDAÇÕES QUE DIMINUEM OS RISCOS

Confira algumas orientações para reduzir os riscos nos exames de imagem:

  • Se você já teve alguma reação alérgica ao contraste iodado, como crises de falta de ar, por exemplo, avise durante o agendamento.
  • É importante procurar um local que esteja dentro das normas.
  • Atente-se sobre as orientações médicas quando realizar o agendamento.
  • Não fique nervoso ou preocupado, pois se estiver em uma clínica segura, o procedimento sairá como o esperado.

Agora que você já conhece a segurança envolvida em exames de imagem, procure se tranquilizar. Esse tipo de exame auxilia bastante o médico na obtenção de diagnósticos. Além disso, é 100% seguro quando feito dentro das normas como a Verità faz.

Você tem dúvidas sobre exames? Entre em contato conosco.

Mais Informações
cancer-pulmao-verita-diagnosticos-farroupilha

A importância da detecção precoce do câncer de pulmão através do exame de imagem

cancer-pulmao-verita-diagnosticos-farroupilha

Saiba as vantagens de realizar o diagnóstico de câncer por meio dos exames imagiológicos

No campo da medicina, as descobertas tecnológicas vêm trazendo uma série de benefícios na detecção de diversas doenças. E os exames de imagem ganham prioridade nos diagnósticos, principalmente do câncer de pulmão. Além de ser prática, é também uma das formas de diagnóstico que transmite maior precisão e confiança nos resultados.

Dentre todos os tipos de câncer, o de pulmão era um dos mais raros há um século atrás. Porém, o número de casos aumentou consideravelmente, e hoje é um dos que ocorrem com mais frequência. Consequentemente, o índice de mortalidade também possui um valor elevado.

TABAGISMO: O GRANDE VILÃO

Sem dúvidas, o grande causador da doença é o tabagismo. E, apesar das campanhas publicitárias alertarem sobre os malefícios causados pelo cigarro, fumantes e ex-fumantes estão desenvolvendo cada vez mais o câncer de pulmão.

O hábito de fumar é um dos grandes fatores de risco para essa doença extremamente letal. Assim, torna-se responsável por aumentar em 40 vezes a chance de desenvolvê-la em relação aos não-fumantes.

Só na fumaça do cigarro há cerca de 5 mil substâncias. Dentre elas, 50 podem ser consideradas cancerígenas, como o Arsênico, o Amianto e o Níquel, por exemplo. Ou seja, quem convive por perto com fumantes acaba entrando para o grupo de risco, mesmo sem fumar.

A IMPORTÂNCIA DA DETECÇÃO PRECOCE

Diagnosticar a doença em seus estágios iniciais pode aumentar bastante a chance de sobrevida. Segundo pesquisas, essa sobrevida pode chegar a 70% em cinco anos, um número considerado como um grande avanço para a medicina diagnóstica.

Infelizmente esse diagnóstico, nos dias atuais, é feito apenas em estágios mais avançados da doença. Ou seja, a sobrevida diminui consideravelmente e a chance de cura fica bastante limitada.

Tudo isso faz com que passemos a refletir sobre a real importância da mudança de hábitos da população fumante. A comunidade médica promove alertas constantes sobre as vantagens de, antes de tudo, manter uma vida saudável, longe do vício do tabagismo, mas também de se realizar exames com frequência, a fim de detectar doenças o quanto antes for possível.

COMO DETECTAR O CÂNCER DE PULMÃO

O controle e o rastreamento da doença devem ser feitos, se possível, em estágios iniciais. É indicada a realização de exames periódicos pessoas que estão dentro do grupo de risco: pacientes com mais de 55 anos trazendo na bagagem a média de 20 maços de cigarro por ano.

Estudos indicam que a maneira mais eficiente de identificar o tumor é por meio da Tomografia Computadorizada. Esse exame de imagem pode diagnosticar o nódulo ainda em volumes menores, bem como acompanhar o paciente para garantir maior chance de cura.

A tomografia [link] abre a possibilidade para o médico visualizar, de maneira eficiente, lâminas milimétricas de todo o pulmão. Assim, ele consegue medir o volume do tumor, posição e outros fatores que possibilitam um diagnóstico preciso.

Segundo pesquisas médicas, a realização de tomografias anuais já reduziu em 20% o número de mortes causadas pelo câncer de pulmão, o que sem dúvidas é um grande avanço.

Além da Tomografia Computadorizada, também é possível detectar a doença por meio da radiografia de tórax, citologia de escarro e marcadores biomoleculares.

RECOMENDAÇÕES E CONSIDERAÇÕES FINAIS

Neste Dia Nacional de Combate ao Fumo a Verità reforça o alerta a todos sobre os malefícios que envolve o tabagismo. Caso você se encontre dentro dos fatores de risco, não hesite em procurar um médico e realizar todos os exames necessários.

Lembre-se que o quanto antes detectar o câncer de pulmão, mais chances de tratamento terá e o risco de morte pode diminuir consideravelmente!

Você tem dúvidas sobre o diagnóstico de câncer de pulmão? Entre em contato conosco.

 

Mais Informações

As doenças mais comuns que podem atingir a saúde da mulher

Doenças femininas

Conheça as doenças mais comuns que podem atingir a saúde da mulher

A mulher necessita de cuidados específicos para sua saúde em todos os períodos da sua vida, da adolescência até a terceira idade.

Para que sua saúde seja acompanhada e medidas de prevenção sejam adotadas a mulher deve visitar regularmente o médico especialista da área, que é o ginecologista.

Além disso, a informação é fundamental e deve estar presente em todas as fases da vida de uma mulher a fim de que ela saiba quando há algo de errado com seu corpo. Fizemos uma lista com as doenças mais comuns que atingem o público feminino. Confira abaixo e saiba o que acontece com o corpo quando desenvolve cada doença:

ENDOMETRIOSE

Essa doença feminina é bastante comum e atinge, pelo menos, 20% das mulheres que se encontram em idade fértil. Esse transtorno ginecológico pode ocorrer em qualquer idade, da adolescência a idade adulta.

O endométrio é o tecido que reveste normalmente a  parte interna do útero. Durante o ciclo menstrual ele prolifera e caso não ocorra gestação descama através da menstruação. A endometriose ocorre quando o tecido endometrial se implante e desenvolve fora da cavidade uterina, como ovários, trompa e cavidade peritoneal. Isso causa inflamação e muitas dores à mulher.

O diagnóstico é feito através do exame ginecológico, complementado por exames de imagem, principalmente a ultrassonografia e a Ressonância Magnética. Por vezes pode ser necessária a realização de Videolaparoscopia Diagnóstica.  

Principais Sintomas: Dor na região inferior do abdômen, cólicas fortes, cólica menstrual, sangramentos irregulares, dor nas relações sexuais, dificuldade para engravidar e alterações intestinais ou urinárias.

Tratamento: Pode ser baseado na utilização de medicações, Cirurgias e Técnicas de Fertilização para a Infertilidade.

 

SÍNDROME DO OVÁRIO POLICÍSTICO (SOP)

A SOP é uma doença que ainda não possui uma causa específica identificada. Ocorre um desequilíbrio hormonal onde há o surgimento de diversos cistos nos ovários que podem aumentar o tamanho dos mesmos.

As mulheres com SOP ovulam menos, o que provoca irregularidade menstrual e pode causar infertilidade. O diagnóstico é clínico, complementado por ultrassonografia e exames laboratoriais.

Principais Sintomas: Menstruação irregular, dificuldade para engravidar, excesso de pêlos pelo corpo, alteração da glicose, queda de cabelo, oleosidade da pele, obesidade e dificuldade de emagrecer.

Tratamento: Perda de peso, atividade física e controle dietético fazem parte das orientações. Podem ser utilizadas medicações para regularizar o ciclo menstrual, controlar a acne, oleosidade e aumento de pêlos.  Caso deseje gestar existem tratamentos específicos com essa finalidade.

 

MIOMA UTERINO

O mioma, também chamado de fibroma uterino, é um tipo de tumor benigno da musculatura uterina. Muito comum em mulheres na idade fértil, uma em cada cinco possui algum mioma uterino.

O diagnóstico é feito a partir de exames ginecológicos e ultrassonografia transvaginal. 

Principais Sintomas:  Fluxo menstrual maior do que o normal e com longa duração e irregular podendo causar anemia. Dor pélvica ou no abdômen, pressão na bexiga, dificuldade para engravidar, sintomas intestinais ou aumento do volume abdominal.

Tratamento: Medicamentos ou cirurgia.

 

CÂNCER DE MAMA

É o tumor maligno mais  frequente na mulher, sendo importante causa de mortalidade, geralmente surge como um nódulo na mama. Existem múltiplos fatores de risco, os mais importantes são a idade e a história familiar.

O diagnóstico é dado por meio de exame clínico das mamas, da mamografia e da ultrassonografia mamária. Principalmente a mamografia de rastreamento,  feita uma vez  ao ano a partir dos 40 anos.

Principais Sintomas: Aparecimento de um nódulo  na mama, alteração da pele, dor,  inversão do mamilo ou nódulos nas nas axilas.

Tratamento: Cirurgia, Quimioterapia, Hormonioterapia e Radioterapia.

 

OSTEOPOROSE

É a redução da resistência dos ossos, tornando-os mais frágeis e porosos. Atinge, em grande maioria, mulheres pós menopáusicas,  brancas de estatura baixa, e com um estilo de vida sedentário.

O diagnóstico pode ser feito por meio da densitometria óssea e o tratamento envolve exercícios físicos, cuidados alimentares, medicações e suplementação de cálcio e Vit D.

A Verità Diagnóstico preza pela saúde da mulher e possui um espaço exclusivo para a realização dos diversos exames citados acima. Clique aqui para conhecer o Centro da Mulher Dr. Aliomar Andrade.

Mais Informações

Alergias Respiratórias: causas, sintomas e prevenção

alergias respiratórias

Você sabia que as principais causas das alergias respiratórias podem estar dentro da sua própria casa? Os ácaros da poeira doméstica, os fungos e as baratas são grandes vilões para desenvolver a rinite alérgica, que ocorre nas vias aéreas superiores, e desencadear a asma, nas vias inferiores.

A alergia é como uma resposta dada pelo sistema imunológico a um alergênico ou a uma substância específica, nas quais o organismo acarreta uma certa sensibilidade. Tais substâncias podem entrar em contato com a pele, ou serem inaladas, injetadas ou ingeridas.

No caso das alergias respiratórias, muitos indivíduos podem ter sensibilidade a alergenos presentes no próprio ar inalado. Saiba mais sobre as causas, os sintomas e como pode prevenir a alergia respiratória. Confira:

QUAIS SÃO AS CAUSAS DA ALERGIA RESPIRATÓRIA?

É certo que muitas pessoas desenvolvem alergia devido a motivos externos. Porém, é comprovado que há grande possibilidade de se obter alergia em razão da genética. Segundo pesquisas, em torno de 50% ou mais de crianças herdam a doença alérgica dos seus pais.

É válido destacar também, que as mudanças climáticas que ocorrem bruscamente a cada dia, possuem grande contribuição para as crises alérgicas. Além disso, as crises também podem ser provocadas por poeira, fungos, ácaros, baratas, pelos de animais, pólen de flores, medicamentos e outros fatores.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS PRINCIPAIS DE UMA ALERGIA?

Como falado anteriormente, a alergia respiratória pode se desenvolver como rinite alérgica ou asma. Os sintomas da rinite alérgica podem ser:

  • Espirros contínuos;
  • Obstrução de uma ou das duas narinas;
  • Coriza, em líquido transparente, que necessitará de limpeza constante;
  • Coceira nasal, mas podendo ser sentida também nos ouvidos, olhos e na faringe;
  • Lacrimejo;
  • Dor de cabeça, sonolência, tosse e dificuldades para dormir também podem ser alguns dos sintomas da rinite alérgica.

Já no caso da asma, os sintomas podem ser:

  • Tosse contínua;
  • Falta de ar constante;
  • Aperto e chiado no peito.

QUAIS SÃO AS MANEIRAS DE SE PREVENIR CONTRA ALERGIAS RESPIRATÓRIAS?

 Há diversas formas de se prevenir contra as crises alérgicas, e a maioria é tratar do próprio lar. Dentre elas:

  • Utilizar o aspirador de pó no lugar na vassoura, afinal é ideal levantar a menor quantidade de poeira possível;
  • Os móveis devem ser limpos com panos úmidos;
  • Manter a casa sempre arejada e deixar os raios de sol entrarem;
  • Lavar as roupas de cama com bastante frequência e deixar secar ao sol;
  • Substituir os travesseiros e almofadas constantemente;
  • Colocar capas em almofadas e colchões;
  • Se alimentar bem e beber muita água;
  • Não fumar e evitar o contato com fumantes;
  • Evitar o contato muito próximo com os animais, devido aos pelos.

QUAL É O TRATAMENTO ADEQUADO PARA ALERGIA RESPIRATÓRIA?

Não há uma cura definitiva para a alergia, mas geralmente os alérgicos recorrem aos descongestionantes nasais quando há uma crise. Esses medicamentos devem até aliviar no momento, no entanto, podem piorar os sintomas quando o efeito passar. O recomendado é utilizar soro fisiológico para higienizar as narinas corretamente.

Há também, o tratamento com os anti-histamínicos e com as vacinas, que controlam e amenizam os sintomas da alergia respiratória. Além disso, os alérgicos podem tratar com corticosteroides tópicos e imunomoduladores, mas ambos necessitam de um acompanhamento médico.

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

O Raio-X do tórax pode auxiliar significantemente no diagnóstico da rinite alérgica ou asma. Por meio dele será possível identificar a existência de alguma estrutura anatômica incomum ou uma doença que possa gerar ou agravar a asma.

Precisa agendar o seu exame? Entre em contato com a Verità Diagnósticos pelo telefone (54) 3011-0092 ou pelo nosso site: http://www.veritadiagnosticos.com.br/agende-seu-exame/.

Mais Informações

Rastreio do câncer de mama: nova diretriz muda recomendações sobre mamografia

consulta

American College of Obstetricians and Gynecologists atualizou esse mês suas diretrizes para o rastreio do câncer de mama em mulheres com risco médio, e trouxe novas recomendações sobre a mamografia. Veja abaixo os principais pontos.

  • Recomenda-se iniciar a mamografia de rastreio a partir dos 40 anos. Caso a paciente não comece nessa idade, ela deve fazer aos 50 anos. A decisão sobre quando começar o rastreio deve ser tomada com base nos benefícios e potenciais danos.
  • O rastreio deve ocorrer a cada 1 ou 2 anos, de acordo com a preferência da paciente. O rastreio a cada 2 anos, especialmente para mulheres com 55 anos ou mais, é considerado “sensato” pelo colégio americano.
  • O rastreio deve continuar até, pelo menos, 75 anos. Depois disso, a decisão de interromper ou não deve ser feita levando em conta a saúde atual da paciente e sua expectativa de vida.
  • O exame clínico de mama pode ser oferecido a mulheres de 25 a 39 anos a cada 1 a 3 anos; para aquelas com 40 anos ou mais, anualmente.

Clique aqui para ver o arquivo completo.

Referências:

 

O texto acima, Rastreio do câncer de mama: nova diretriz muda recomendações sobre mamografia foi escrito por Vanessa Thees no PEBMED.

Mais Informações
1
Olá, podemos ajudar? Fale conosco por WhatsApp agora
Powered by