Horário de Atendimento : Seg. a Sex.: 7h - 12h e 13 - 18h. Sáb.: 8h - 12h
  Contato : (54) 3011-0092

dicas-para-prevenir-a-osteoporose

5 dicas para prevenir a osteoporose

Você sabia que uma em cada três mulheres tem osteoporose em todo o mundo? Entre os homens, a incidência é um pouco menor: um em cada cinco apresenta o diagnóstico. Essa doença do metabolismo provoca a perda de massa óssea e a incapacidade de reconstrução das células do tecido ósseo.

A enfermidade aparece com o passar do tempo, quando o corpo deixa de renovar o material necessário para manter os ossos fortes. Por isso, a osteoporose é mais comum em pessoas com mais de 50 anos. Depois da menopausa, por exemplo, as mulheres diminuem a produção de hormônios essenciais para a proteção dos ossos e acabam aumentando suas chances de fraturas.

Mas isso não quer dizer que os jovens estão livres da doença, pois existem alguns fatores genéticos e hábitos de vida que facilitam o seu desenvolvimento. A melhor maneira de evitar problemas no futuro é começar a se prevenir ainda na adolescência.

Uma dieta rica em cálcio e a prática de exercícios ajudam a manter os ossos saudáveis. Quanto mais cedo você tomar essas medidas, melhor. Confira abaixo uma lista com 5 dicas para prevenir a osteoporose:

1. Aumente o consumo de cálcio

Apesar de não ser o único tratamento, os alimentos ajudam muito no combate à osteoporose. O feijão é rico em cálcio e proteínas, assim como o leite e derivados. É uma dica simples, mas que muita gente se esquece de seguir. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o ideal é ingerir pelo menos 800 mg de cálcio por dia, o que equivale a quatro porções de leite. Outros alimentos como peixes, laranja, brócolis e castanhas são fontes de cálcio.

2. Pare de tomar refrigerante

O refrigerante em excesso aumenta consideravelmente os níveis de fosfato no sangue, afetando os ossos e impedindo que o organismo absorva o cálcio. Por isso, não adianta ingerir bastante cálcio se você ainda tem esse hábito.

Os fumantes também são um alvo fácil para a osteoporose, já que fumar reduz a quantidade de estrogênio no corpo e causa perda óssea.

3. Se ligue na vitamina D

Esse é outro componente essencial para a prevenção da doença. A vitamina D melhora a saúde dos ossos porque ajuda o corpo a absorver o cálcio. Por isso o cálcio sozinho não vale. Ele só é absorvido pelo organismo e bem utilizado quando existe uma quantidade suficiente de vitamina D. Alimentos como ovos, salmão e suco de laranja são boas fontes desse nutriente, mas tomar sol por pelo menos 15 minutos todos os dias é a recomendação principal.

4. Faça atividades físicas

Manter uma rotina de exercícios físicos ajuda a fortalecer os ossos e a atrasar a perda de massa óssea. E se você pensa que quem tem osteoporose não pode praticar atividade física, a resposta é: pode e deve! O exercício é fundamental para quem tem o diagnóstico. O ideal é que sejam atividades mais leves e com o mínimo de impacto, como a caminhada.

5. Consulte seu médico e faça a densitometria

A osteoporose é uma doença silenciosa, que demora a ser notada porque não dá sinais de dor nem qualquer outro sintoma. Como ela não se expressa facilmente, poucas pessoas acabam descobrindo antes de sofrer a primeira fratura. Por isso, é muito importante que você consulte o seu médico regularmente e faça a densitometria óssea se ele recomendar.

Esse é o principal exame de diagnóstico da doença, que avalia a densidade dos ossos e músculos e identifica riscos de fratura no estágio inicial. A densitometria é recomendada para todas as mulheres a partir dos 60 anos ou que estejam na pós-menopausa, e homens com 60 anos ou mais, além de pacientes com fatores de risco da doença ou que tenham sofrido algum tipo de fratura.

A radiografia digital também pode ser indicada na investigação da osteoporose. Quem já tem o diagnóstico pode complementar com uma biópsia, para obter informações precisas sobre as causas da doença.

Contribua para a conscientização sobre o diagnóstico precoce da osteoporose. Repasse essa dicas! 

Saiba mais: Conheça a nossa equipe de especialistas e entre em contato para agendar o seu exame. Cuide da sua saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá, podemos ajudar? Fale conosco por WhatsApp agora
Powered by