Horário de Atendimento : Seg. a Sex.: 7h - 12h e 13 - 18h. Sáb.: 8h - 12h
  Contato : (54) 3011-0092

All Posts Tagged: câncer de pulmão

TABAGISMO: PERIGOS, TRATAMENTO E CÂNCER DE PULMÃO

tabagismo

O tabagismo se trata de uma grande dependência, tanto física quanto psicológica, do tabaco. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, ele é considerado a principal causa de morte evitável em todo o mundo. Se você é consumidor de cigarro, narguilé ou charuto, saiba que o tabaco está em cada um deles e a sua saúde pode estar em risco.

Você sabia que o consumo frequente da substância causa dependência e, com isso, se torna responsável por diversas doenças?!

Estima-se que mais de 50 doenças sejam causadas pelo tabaco, e 12 tipos de câncer estão relacionados diretamente à substância. O Câncer de Pulmão é um deles e pode até levar à morte se o tratamento se iniciar muito tarde.

OS PERIGOS DO FUMO

Durante a fabricação de um cigarro diversas substâncias tóxicas são geradas a partir do processo de combustão. Quando o fumante acende, a fumaça que é tragada por ele (e pelas pessoas ao redor) é extremamente tóxica e perigosa para saúde.

Os componentes dessa fumaça já foram identificados por cientistas e são altamente nocivos para a saúde. Seguem alguns:

  • Nicotina: é a principal e a mais conhecida substância que compõe a fumaça do cigarro. Ela é a grande responsável pelo vício, o qual leva ao tabagismo.
  • Metanol: é um álcool que também é encontrado em produção de combustíveis para veículos.
  • Arsênio: é um metal que faz parte da composição de vermicidas, pesticidas e venenos.
  • Acetona: líquido inflamável usado em esmaltes e tintas.
  • Mercúrio: também é um metal, e pode ser encontrado na produção de pilhas e lâmpadas fluorescentes.
  • Alcatrão: substância tóxica e cancerígena.
  • E muitos outros…

Estimam-se 4.700 componentes, além de outras micropartículas. Todos representando um grande perigo à vida!

Inúmeras doenças crônicas e agudas dos sistemas respiratório, cardíaco e circulatório, assim como múltiplos tipo de câncer são consequência do Tabagismo. Por isso, o tratamento da dependência deve ser feito assim que for identificada.

Além disso, algumas doenças respiratórias na infância são desencadeadas ou agravadas pela exposição de crianças à fumaça de cigarro no ambiente doméstico.

TRATAMENTO DO TABAGISMO

Ao contrário do que muitos pensam, o tabagismo possui cura sim. Há diversas maneiras já comprovadas e que são eficazes para tratar a dependência.

A parte mais difícil, com certeza, é deixar de fumar, e na maioria dos casos só se obtém sucesso com ajuda, tanto de profissionais quanto da família. Quem tenta parar sozinho, geralmente desiste nos primeiros dias.

Por isso, se você está tentando parar, procure o apoio da família e um médico para que ele indique o melhor tratamento.

Medicamentos

Os remédios para o tratamento são de grande auxílio para cessar a dependência. Todos devem ser prescritos por um médico da área de acordo com exames e com o nível da abstinência à nicotina. 

Acompanhamento Psicológico

A terapia com um psicólogo especializado em comportamento possui grande sucesso, se for utilizada como complemento ao medicamento. Podem ajudar diretamente na otimização dos resultados e, principalmente, prevenir uma recaída.

A terapia em grupo também é uma maneira complementar que age trazendo muitos resultados positivos.

O CÂNCER DE PULMÃO: MAIOR CAUSA DE MORTE

O Câncer de Pulmão é o principal tipo associado ao tabagismo e o que possui a taxa de mortalidade mais alta no Brasil. Pessoas fumantes podem ter 40 vezes mais chances de ter esse tipo de câncer em relação à pessoas não fumantes.

O grande causador da doença é o tabagismo e é por isso que o fumo precisa ser deixado de lado o quanto antes. Além disso, quanto mais rápido o diagnóstico tanto da dependência ao tabaco quanto do possível Câncer de Pulmão for feito, mais há chances de cura.

A maneira mais eficiente de efetuar o diagnóstico do Câncer de Pulmão, ainda no início, é por meio da Tomografia Computadorizada. Além dela, também é possível detectar através da radiografia de tórax, citologia de escarro e marcadores biomoleculares.

Neste Dia Mundial Sem Fumo, a Verità Diagnósticos reforça o alerta sobre os malefícios do tabagismo. É importante recorrer ao tratamento da dependência para evitar maiores problemas.

Procure um médico, realize os exames necessários e faça parte do grupo que já se recuperou do Tabagismo!

Você tem dúvidas sobre a importância da detecção precoce do câncer de pulmão? Clique aqui!

Venha conhecer nossa estrutura. Agende seu exame pelo nosso site: http://www.veritadiagnosticos.com.br/agende-seu-exame/ ou entre em contato com a Verità Diagnósticos pelo telefone (54) 3011-0092.

 

Mais Informações

DOENÇAS COMUNS QUE PODEM ATINGIR HOMENS NA FASE ADULTA E IDOSOS

doença em homem

Alguns dos maus hábitos do dia a dia dos homens podem acarretar no desenvolvimento de uma série de doenças. Seja por ingerir pouca quantidade de água, beber muita bebida alcoólica, fumar ou até mesmo negligenciar a própria saúde (ficando sem ir ao médico ou realizar exames com frequência), tudo isso pode resultar em diversos problemas.

Tanto adultos quanto idosos estão sujeitos a uma série de patologias que podem ser leves ou mais graves. Doenças cerebrais, cardíacas, respiratórias ou infecções, se não forem tratadas corretamente podem agravar e até podem levar à morte.

Infelizmente há uma parcela dos homens, principalmente idosos, que ainda acha que doença é sinal de fraqueza/fragilidade. Mas deixamos o seguinte alerta: É de extrema importância eliminar esse pensamento! Afinal, o organismo masculino é tão vulnerável quanto o feminino. Cada um com suas particularidades, porém suscetíveis sim à doenças!

DOENÇAS MAIS COMUNS QUE AFETAM OS HOMENS ADULTOS E IDOSOS

Doenças Cardíacas

As doenças cardiovasculares estão em primeiro lugar na lista das causas de morte no Brasil. Elas representam quase um terço dos óbitos! Os principais motivos dessas mortes são: AVC (acidente vascular cerebral), insuficiência cardíaca e infarto do miocárdio.

Ou seja, a maioria dos homens possui, pelo menos, um fator de risco que facilita o aparecimento dessas patologias.  Por isso, é importante ficar bem atento com: a hipertensão arterial, o diabetes melito, a obesidade, o consumo de bebidas alcoólicas, o fumo, etc.

Tudo isso afeta diretamente a saúde, e se não houver tratamento, podem piorar e até levar à morte!

Doenças do aparelho respiratório

O aparelho respiratório precisa de bastante atenção pois é delicado e diversas doenças podem levar ao óbito. Dentre elas está o Câncer de Pulmão por exemplo, que já é a primeira causa de morte por câncer, segundo o INCA.

Além do Câncer de Pulmão, também são comuns: a Bronquite, a Tuberculose, a Asma, a Doença pulmonar obstrutiva crônica, a Pneumonia, a Síndrome Respiratória Aguda Severa, e muitas outras.

Câncer de Próstata

Essa doença, que geralmente atinge homens acima de 45 anos, ocorre quando as células da próstata se multiplicam de maneira desordenada. E, quanto antes o câncer for descoberto, maiores são as chances de curá-lo.

A doença ocorre, em sua maioria, no público mais idoso, ou seja, acima dos 60 anos. No entanto, os sintomas da doença demoram bastante para se manifestar. Os exames preventivos são o melhor remédio para evitar descobrir a doença em estágios mais avançados (pois as chances de cura se tornam bem menores).

Tumor de testículo

Esse tipo de tumor corresponde a 5% dos casos de câncer entre o público masculino. É considerado preocupante pois ocorre durante a idade reprodutiva do homem, ou seja, entre 15 a 50 anos de idade. Nessa fase, pode ser confundido com o orquiepididimites, que se trata de uma inflamação dos testículos e dos epidídimos.

Por isso, é de extrema importância o acompanhamento regular com o urologista para a realização de exames.

QUAIS EXAMES FAZER?

O ideal é optar sempre pela prevenção de doenças, por isso os homens devem ir ao médico regularmente. E se tiver mais de 50 anos, a frequência precisa ser de, pelo menos, 1 vez ao ano.

Os exames mais comuns são: exames de imagem (como o Raio-x, por exemplo), os exames laboratoriais, o digital retal (mais conhecido como exame de toque). Além de exame de dosagem séria do PSA (Antígeno Prostático Específico, substância produzida pelas células da próstata), e outros exames complementares (se o médico julgar necessário).

A Verità Diagnósticos incentiva e alerta sobre a importância de procurar um médico periodicamente. Possuímos médicos experientes e capacitados para realizar seu exame.

 

Precisa agendar o seu exame? Entre em contato pelo telefone (54) 3011-0092 ou pelo nosso site: http://www.veritadiagnosticos.com.br/agende-seu-exame/.

 

Mais Informações

A LUTA CONTRA O CÂNCER: O DIAGNÓSTICO PRECOCE PODE LEVAR À CURA

Câncer

O diagnóstico precoce de inúmeras doenças fazem grande diferença na hora de buscar o tratamento. E, nos casos em que a doença é o câncer, o diagnóstico precoce pode levar à cura.

Dia 8 de abril é comemorado o dia mundial da luta contra o câncer. E essa data existe para nos lembrar do quanto é importante fazer exames regularmente. E também, nos deixa informados sobre os avanços que a medicina diagnóstica já alcançou para a identificação e cura da doença.

Você sabia que já há novos remédios mais efetivos? Inclusive são combinados às terapias convencionais (quimio e radio) e com menos efeitos colaterais. Pois é, a medicina está trabalhando fielmente para que os casos de morte por câncer diminuam consideravelmente.

COMO DIAGNOSTICAR O CÂNCER?

Primeiramente vamos entender o que é o câncer e como ele se desenvolve. É importante saber que se trata de um conjunto de doenças que possuem em comum um crescimento de células desordenado. Tais células podem invadir tecidos, órgãos e outras regiões do corpo.

A multiplicação desordenada dessas células provoca um aumento fora de controle, podendo se tornar agressivas e incontroláveis. E então, começam a formar tumores, ou seja, diversas células cancerosas se acumulam em determinado ponto. Estas podem ser benignas ou malignas.

Nos casos de câncer maligno, qualquer órgão ou tecido pode ser atingido, como por exemplo, o cólon, a pele, a mama, o pulmão, etc. Por isso, diante dos diversos tipos de cânceres existentes, é possível dizer que não é tão fácil diagnosticar a doença.

Dentre os exames a serem solicitados, estão inclusos a Tomografia Computadorizada, a MamografiaRaio-x e EcografiaA partir desses testes o médico poderá planejar o seguimento. No entanto, eles são fundamentais para fechar um diagnóstico precoce, antes que a doença se agrave.

COMO LIDAR COM A NOTÍCIA?

Sabemos o quanto é difícil receber um diagnóstico de câncer, tanto para o paciente quanto para a família. No entanto, é necessário conversar com o seu médico sobre o tipo, o local, o tamanho e o desenvolvimento da doença.  

Nessa hora já é interessante perguntar sobre as opções de tratamento para a cura da doença. Como já dissemos, quanto antes diagnosticada e tratada, maiores são as chances de cura. E, caso você já suspeite da doença, é interessante levar alguém com você.

QUAIS SÃO OS TIPOS DE TRATAMENTO DISPONÍVEIS?

Já existem inúmeras maneiras de curar a doença, porém as opções irão variar de acordo com o tipo do câncer. Além do estágio da doença, a sua saúde geral e as suas preferências perante os tratamentos mais intensos.

Cirurgia

Possui como objetivo remover o tumor e células ao redor (pois possivelmente estarão infectadas). Em casos de tumores muito grandes, o paciente ainda pode precisar de outros tratamentos (como radio ou quimioterapia).

Quimioterapia

O objetivo desse tratamento é remover e controlar o crescimento de células doentes, por meio de medicamentos, tanto orais quanto intravenosos. Pode ser usada em conjunto com a cirurgia (antes ou depois) para um resultado mais eficiente.

Radioterapia

Já no caso da radioterapia é utilizada uma radiação ionizante, diretamente no local do tumor. Além disso, é usada principalmente em tumores que ainda não se espalharam quando não há metástases.

Hormonioterapia

Impede a ação dos hormônios que facilitam o desenvolvimento das células cancerígenas. Esse tipo de terapia só é utilizada em pacientes que possuem pelo menos um receptor hormonal para câncer.

Terapia Alvo (imunoterapia)

Nesse tipo de tratamento é utilizado o próprio sistema de defesa do corpo contra as células cancerígenas. Possui efeitos mais brandos, porém só é eficiente para alguns tipos de câncer.

Dia 8 de abril é o Dia Mundial da Luta contra o Câncer e estamos aqui para alertar para o diagnóstico precoce. Por isso, vá ao médico regularmente e faça todos os exames necessários.

A cura é possível desde que os tratamentos sejam realizados corretamente assim que a doença é descoberta.

A Verità Diagnósticos realiza alguns exames para o diagnóstico de diversas doenças. Entre em contato pelo telefone (54) 3011-0092 ou pelo nosso site: http://www.veritadiagnosticos.com.br/agende-seu-exame/.

 

Mais Informações

Radiologia e sua importância para a medicina

O ramo da radiologia na medicina, principalmente diagnóstica, possui grande importância. Essa atuação conjunta é um fator de grande avanço e que influencia diretamente na vida das pessoas. Exames de raio-x facilitam cada vez mais a prevenção e o diagnóstico de doenças. E o benefício é, sobretudo, do paciente.

dia-do-radiologista

 

A radiologia possui o objetivo de estudar a aplicação do raio-x e da radiação para o diagnóstico e o tratamento de patologias. E, mesmo com mais de um século de existência, é um dos exames de triagem mais importantes da medicina.

IMPORTÂNCIA DA RADIOLOGIA

Muitas vezes não demos a devida consideração à radiologia. Por isso, trouxemos alguns tópicos importantes que nos lembram o porquê dessa área ser tão necessária para a medicina.

– Análise preventiva ou diagnóstica

O organismo pode ser analisado de maneiras diversificadas, por meio de várias especialidades da medicina. Sendo assim, podemos encontrar o auxílio da radiologia nessa investigação. Seja na análise do sistema digestivo ou na ortopedia, os exames estão sempre descobrindo e diagnosticando diferentes patologias.

– Tratamento

Pacientes que estão em tratamento de alguma doença, como a pneumonia por exemplo, podem ser acompanhados por meio de uma radiografia. E, dessa forma, o médico poderá identificar a melhor maneira de levar o tratamento adiante.

TIPOS DE RADIOLOGIA

Em geral, a área radiológica pode se dividir em dois planos: Diagnóstico e Terapêutico:

– Radiologia Diagnóstica

Como já dissemos, o plano diagnóstico da radiologia investiga o que ocorre com o corpo humano no momento do exame. Essa análise é feita por meio de diferentes tipos de imagens. Isso permite que o médico identifique, de maneira mais facilitada (e rápida), o que está acontecendo com o paciente.

Por isso, na radiologia existem diferentes formas de se identificar patologias no organismo. Veja algumas abaixo:

  •        Radiografia Simples – é o famoso Raio-X. Em virtude da diferença de composição e densidade das áreas do corpo humano, cada estrutura capta diferentes quantidades de raios-x. Dessa forma, o restante é absorvido pelo filme fotográfico durante o exame. E então, uma imagem 2D, sobreposta às estruturas atravessadas, é formada.
  •         Radiografia Contrastada – nesse tipo é utilizado uma substância radiopaca, como o sulfato de bário. E assim, é possível visualizar uma estrutura específica do corpo. Pode ser:

       Articular

       REED

       Enema Opaco

  •        Mamografia – É como uma radiografia simples, porém apenas nas mamas. É considerado o exame mais eficiente para o diagnóstico do câncer de mama. No Brasil, o mês de outubro é o recorde nesse exame, afinal a campanha Outubro Rosa ocorre para lembrar às mulheres sobre a importância de realizar esse tipo de radiografia.
  •        Tomografia Computadorizada – É uma imagem mais detalhada e precisa de todos dos eixos do corpo humano. A emissão de raios-x em maiores quantidades pode ser processada em imagens computadorizadas. Sem dúvidas é uma das radiografias mais completas.
  •        Ultrassonografia – Assim como o raio X, esse também é um exame realizado com muita frequência. Imagens são obtidas por meio de uma sonda que emite ondas sonoras de alta frequência. O eco dessas ondas é o que permite a visualização em tempo real da parte examinada. Existem diferentes tipos:

                          – Ultrassonografia Geral

                          – Ultrassonografia Mamária

                          – Ultrassonografia Vascular

                          – Ultrassonografia Cardíaca

                          – Ultrassonografia Obstétrica

                          – Ultrassonografia com Doppler Colorido

No plano diagnóstico, há também: a Medicina Nuclear, a Ressonância Magnética e a Densitometria Óssea.

O MÉDICO RADIOLOGISTA   

O Radiologista é o profissional da área da medicina que atua no estudo de estruturas e órgãos por meio do uso de raios-x. Ele é responsável pelo relatório e pelo diagnóstico por imagem. Ou seja, o paciente que realiza uma radiografia depende inteiramente da perfeita análise do Médico Radiologista para diagnosticar uma patologia, ou até mesmo indicar a necessidade de cirurgia.

A Verità Diagnósticos possui uma equipe de ótimos médicos radiologistas. E, por isso parabenizamos a todos eles por sua dedicação e impecável trabalho executado. Clique aqui para conhecer a nossa equipe!

O dia 08 de novembro é reservado para homenagear o Radiologista. Desejamos parabéns a todos os médicos que atuam na área da radiologia!

 

Mais Informações
cancer-pulmao-verita-diagnosticos-farroupilha

A importância da detecção precoce do câncer de pulmão através do exame de imagem

cancer-pulmao-verita-diagnosticos-farroupilha

Saiba as vantagens de realizar o diagnóstico de câncer por meio dos exames imagiológicos

No campo da medicina, as descobertas tecnológicas vêm trazendo uma série de benefícios na detecção de diversas doenças. E os exames de imagem ganham prioridade nos diagnósticos, principalmente do câncer de pulmão. Além de ser prática, é também uma das formas de diagnóstico que transmite maior precisão e confiança nos resultados.

Dentre todos os tipos de câncer, o de pulmão era um dos mais raros há um século atrás. Porém, o número de casos aumentou consideravelmente, e hoje é um dos que ocorrem com mais frequência. Consequentemente, o índice de mortalidade também possui um valor elevado.

TABAGISMO: O GRANDE VILÃO

Sem dúvidas, o grande causador da doença é o tabagismo. E, apesar das campanhas publicitárias alertarem sobre os malefícios causados pelo cigarro, fumantes e ex-fumantes estão desenvolvendo cada vez mais o câncer de pulmão.

O hábito de fumar é um dos grandes fatores de risco para essa doença extremamente letal. Assim, torna-se responsável por aumentar em 40 vezes a chance de desenvolvê-la em relação aos não-fumantes.

Só na fumaça do cigarro há cerca de 5 mil substâncias. Dentre elas, 50 podem ser consideradas cancerígenas, como o Arsênico, o Amianto e o Níquel, por exemplo. Ou seja, quem convive por perto com fumantes acaba entrando para o grupo de risco, mesmo sem fumar.

A IMPORTÂNCIA DA DETECÇÃO PRECOCE

Diagnosticar a doença em seus estágios iniciais pode aumentar bastante a chance de sobrevida. Segundo pesquisas, essa sobrevida pode chegar a 70% em cinco anos, um número considerado como um grande avanço para a medicina diagnóstica.

Infelizmente esse diagnóstico, nos dias atuais, é feito apenas em estágios mais avançados da doença. Ou seja, a sobrevida diminui consideravelmente e a chance de cura fica bastante limitada.

Tudo isso faz com que passemos a refletir sobre a real importância da mudança de hábitos da população fumante. A comunidade médica promove alertas constantes sobre as vantagens de, antes de tudo, manter uma vida saudável, longe do vício do tabagismo, mas também de se realizar exames com frequência, a fim de detectar doenças o quanto antes for possível.

COMO DETECTAR O CÂNCER DE PULMÃO

O controle e o rastreamento da doença devem ser feitos, se possível, em estágios iniciais. É indicada a realização de exames periódicos pessoas que estão dentro do grupo de risco: pacientes com mais de 55 anos trazendo na bagagem a média de 20 maços de cigarro por ano.

Estudos indicam que a maneira mais eficiente de identificar o tumor é por meio da Tomografia Computadorizada. Esse exame de imagem pode diagnosticar o nódulo ainda em volumes menores, bem como acompanhar o paciente para garantir maior chance de cura.

A tomografia [link] abre a possibilidade para o médico visualizar, de maneira eficiente, lâminas milimétricas de todo o pulmão. Assim, ele consegue medir o volume do tumor, posição e outros fatores que possibilitam um diagnóstico preciso.

Segundo pesquisas médicas, a realização de tomografias anuais já reduziu em 20% o número de mortes causadas pelo câncer de pulmão, o que sem dúvidas é um grande avanço.

Além da Tomografia Computadorizada, também é possível detectar a doença por meio da radiografia de tórax, citologia de escarro e marcadores biomoleculares.

RECOMENDAÇÕES E CONSIDERAÇÕES FINAIS

Neste Dia Nacional de Combate ao Fumo a Verità reforça o alerta a todos sobre os malefícios que envolve o tabagismo. Caso você se encontre dentro dos fatores de risco, não hesite em procurar um médico e realizar todos os exames necessários.

Lembre-se que o quanto antes detectar o câncer de pulmão, mais chances de tratamento terá e o risco de morte pode diminuir consideravelmente!

Você tem dúvidas sobre o diagnóstico de câncer de pulmão? Entre em contato conosco.

 

Mais Informações